04/Fev/2018
Inter perde para o Brasil-Pel e deixa escapar invencibilidade de 22 anos
Time de Odair Hellmann jogou com um jogador a menos desde os 35 minutos do primeiro tempo
Jornalismo
belosmontesradio@gmail.com
        

Em um jogo pegado, disputado e cheio de polêmicas, o Brasil-Pel quebrou uma marca de 22 anos sem vencer o Inter  neste domingo, em Pelotas. No Bento Freitas, o time do Sul aproveitou a expulsão de um jogador colorado e fez 1 a 0, mantendo-se na parte de cima da tabela do Gauchão após cinco rodadas.

 

O Inter mandou mesmo um time descaracterizado para o sul do Estado. Para não dizer que a equipe não foi 100% reserva, apenas o pelotense Rodrigo Dourado começou a partida e ganhou a faixa de capitão. De resto, Odair Hellmann escalou Ruan na lateral direita, a linha de dois volantes com Charles ao lado de Dourado e, mais à frente, Patrick pela esquerda, Camilo no meio e Marcinho pela direita, e Roger de centroavante. No Brasil, Clemer não pôde contar com os jogadores emprestados pelo Inter, Mossoró, Alisson Farias e Artur, substituídos por Deyvid Sacconi, Calyson e Bruno Collaço. 

 

Com um bom público nas arquibancadas liberadas pelos bombeiros apenas no sábado à tarde, a partida começou acelerada. No primeiro minuto, o Brasil-Pel fez Lomba trabalhar. Em jogada pelo lado esquerdo, Calyson cruzou, a bola passou por todo mundo e sobrou para Éder Sciola bater forte e o goleiro espalmar. O ritmo seguiu intenso, com tentativas de parte a parte. Efetivamente, a resposta do Inter ocorreu aos 19 minutos. Patrick fez ótima jogada pela esquerda e ergueu para o segundo pau, onde Roger teve tempo para olhar e concluir, nos pés de Marcelo Pitol.

 

A partida seguia equilibrada até os 35 minutos, quando uma sequência de faltas mudou o panorama. Após dar dois cartões amarelos em sequência por faltas de jogadores do Brasil-Pel, o árbitro Roger Goulart marcou uma falta de Ruan e também lhe advertiu. O lateral já tinha recebido e foi expulso. Para o analista da RBSTV Márcio Chagas da Silva, a marcação foi equivocada.

 

Quatro minutos mais tarde, o time da casa abriu o placar. Rodrigo Dourado foi desarmado e ficou reclamando falta. A partida seguiu e o Brasil-Pel atacou pela direita. Luiz Eduardo recebeu de costas para o gol e caiu, pedindo pênalti. A bola sobrou para Itaqui encher o pé esquerdo e vencer o goleiro: 1 a 0. (Zero Hora)

Comentários (0)

Esta matéria ainda não possui comentários



publicidade
vídeos mais recentes



  • Previsão do Tempo Seara-SC
    Sexta-feira , 23/02
    16ºC
    30ºC
    0 mm
    0 %
    Sol com algumas nuvens. Não chove.

enquete

home      a rádio      notícias      programação      blog      eventos      faleconosco
Facebook   Twitter   Youtube
Rua do Comércio, 215, Centro Seara - SC CEP: 89770-000 (49)3452-8500 | belosmontes@belosmontes.com.br