09/Out/2017
Com um jogador a menos, Inter bate o Brasil de Pelotas
Teve sufoco a vitória do Inter sobre o Brasil-Pel na abertura da 29ª rodada da Série B.

        

Com um jogador a menos desde o início do segundo tempo, o time de Guto Ferreira contou com um gol de Damião para fazer 1 a 0 e livrar seis pontos de distância do vice-líder e 10 do quinto colocado.

No castigado gramado do Beira-Rio, ainda sofrendo em consequência dos shows que recebeu (Bon Jovi e The Who) e pronto para receber Paul McCartney, o Inter não teve surpresas. Cuesta e Pottker voltaram ao time após cumprir suspensão, Charles substituiu o lesionado Rodrigo Dourado e Danilo Silva foi efetivado na zaga. No Brasil-Pel, o técnico Clemer, aplaudido quando teve nome anunciado no telão, mandou a campo uma equipe com dois volantes (Leandro Leite e João Afonso) e três meias de velocidade (Marcinho, Misael e Calyson), deixando o centroavante Lincom na frente.

LEIA MAIS

  • FOTOS: Inter enfrenta o Brasil-Pel no Beira-Rio

    FOTOS: Inter enfrenta o Brasil-Pel no Beira-Rio
  • Luiz Zini Pires: Inter apresenta novo patrocinador da sua camisa de jogo

    Luiz Zini Pires: Inter apresenta novo patrocinador da sua camisa de jogo
  • Camisas rosa do Inter se esgotam em seis horas

    Camisas rosa do Inter se esgotam em seis horas

A partida começou quente. No primeiro minuto, Marlon agrediu Pottker na disputa de bola. Os dois discutiram e levaram cartão amarelo. E Pottker foi o protagonista da primeira chance clara de gol do Inter. Aos 10, Sasha começou a jogada pelo meio, entregou a Edenilson que deu a Pottker, em movimento da direita para o gol. O camisa 99 chutou, Marcelo Pitol defendeu e, no rebote, Pottker ganhou do goleiro, mas concluiu quase sem ângulo, na rede pelo lado de fora.

Deste lance em diante, o jogo ficou burocrático. Fechado, o Brasil encaixou a marcação, principalmente a de João Afonso sobre D'Alessandro e a dos laterais sobre os extremas. Assim, o Inter não conseguia achar o penúltimo passe. O time até chegava à intermediária, mas não concluía.

Assim, uma oportunidade só poderia sair em um contra-ataque. Aos 30, Sasha recuperou a bola no campo de defesa, passou a Damião. O centroavante entregou para Pottker, que conduziu em direção ao gol e arriscou, por cima da trave.

O Brasil só deu o primeiro chute aos 35. Marcinho antecipou um passe curto de Edenilson para D'Alessandro e correu o campo todo. Quando chegou à ponta, cruzou para trás e João Afonso concluiu fraco, na mão de Danilo Fernandes. 

Em outro contragolpe, aos 37, o Inter assustou Pitol. Pottker invadiu a área pela direita e serviu Damião, que bateu prensado com Leandro Leite, para fora.

Aos 45, depois de mais um bate-boca entre jogadores dos dois times, D'Alessandro cobrou escanteio, Cuesta cabeceou na trave. Aos 46, uma quase repetição. D'Alessandro bateu escanteio, Cuesta cabeceou. Mas, desta vez, Pitol defendeu. 

O terceiro cruzamento do Inter para a área, aos 50 minutos, virou gol. D'Alessandro cobrou falta na área e Damião antecipou a defesa no primeiro pau, 1 a 0.

O segundo tempo tinha começado melhor para o Inter. Com a vantagem no placar, trocava passes e circulava a área do Brasil. Mas, aos sete minutos, Eduardo Sasha fez falta em Eder Sciola no meio-campo e levou cartão vermelho direto. Foi a primeira expulsão colorada na Série B. Ato contínuo, Clemer mexeu no Xavante: tirou o volante João Afonso e colocou o meia-atacante Rafinha. 

O Brasil tomou coragem, mas quem quase fez o segundo foi Damião. O centroavante recebeu um lançamento de Winck, ganhou de Sciola na dividida e chutou. Pitol e a trave salvaram o time de Pelotas.
Aos 27, Camilo puxou um contra-ataque e chutou, a bola explodiu no braço de Calyson. O Inter reclamou de falta e o Brasil foi para a frente. Rafinha levou até a entrada da área e bateu para ótima defesa de Danilo Fernandes. 

No minuto seguinte, outra boa chance colorada. Pottker entortou Marlon e entrou na área, mas fomeou. Em vez de entregar a Edenilson ou a Damião, tentou chutar direto, para fora. Com espaço para contragolpear, as oportunidades surgiram. Aos 30, Pottker conduziu a bola e passou a Cláudio Winck, que ajeitou e fuzilou, na trave. 

Damião cansou aos 32, Nico foi chamado para seu lugar. O uruguaio armou a jogada pela esquerda e cruzou para Camilo chutar e Pitol defender.

Nos minutos finais, o Inter se segurou bem e pouco cedeu ao Brasil. Faltam oito pontos para voltar à Série A. 

Série B — 29ª rodada — 9/10/2017

INTER 
Danilo Fernandes; Cláudio Winck, Danilo Silva, Victor Cuesta (A) e Uendel; Charles, Edenilson (A) e D'Alessandro (Camilo, 20'/2°); William Pottker (A), Eduardo Sasha (V) e Leandro Damião (Nico López, 32'/2°)
Técnico: Guto Ferreira

BRASIL-PEL
Marcelo Pitol (A); Sciola, Leandro Camilo (A), Teco (A) e Marlon (A); Leandro Leite, João Afonso (A)(Rafinha, 10'/2°), Calyson (A), Marcinho (A) e Misael (Juninho, 17'/2°); Lincom (Cassiano, 36'/2°)
Técnico: Clemer

Gol: Leandro Damião (I), aos 50min do primeiro tempo
Renda: R$ 523.507,00
Público: 24.816 (pagantes)
Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre
Arbitragem: Elmo Alves Resende Cunha, auxiliado por Bruno Raphael Pires (Fifa) e Cristhian Passos Sorence (trio goiano)

Próximo jogo
Série B

Boa x Inter
17/10 (terça-feira)
19h15min
Estádio Dilzon Melo, em Varginha 

Brasil-Pel x América-MG
17/10 (terça-feira)
20h30min
Estádio Bento Freitas, em Pelotas

 
Comentários (0)

Esta matéria ainda não possui comentários



publicidade
vídeos mais recentes



  • Previsão do Tempo Seara-SC
    Quarta-feira , 13/12
    20ºC
    35ºC
    0 mm
    0 %
    Sol com algumas nuvens. Não chove.

enquete

home      a rádio      notícias      programação      blog      eventos      faleconosco
Facebook   Twitter   Youtube
Rua do Comércio, 215, Centro Seara - SC CEP: 89770-000 (49)3452-8500 | belosmontes@belosmontes.com.br